Android tem a maior tendência de alta entre os sistemas operacionais

Segundo a consultoria NetApplications, o Android foi o sistema operacional que mais teve crescimento percentual entre os principais do mercado. Enquanto o sistema iOS da Apple subiu por volta de 130%, o sistema Android da rival Google teve um aumento de impressionantes 400%.

android

Nos últimos doze meses analisados pela consultoria, o Windows caiu de 91,30% de utilização para 89,58% e o sistema Mac manteve-se praticamente estável com 5,25% dos aparelhos conectados utilizando este sistema.

Acredito que essa pesquisa seja feita com dados dos computadores conectados na internet, o que não contabiliza de maneira correta usuários dos sistemas operacionais de servidores Windows, Unix, Linux. Mas com a pesquisa é possível perceber que o Android vem ganhando terreno mês a mês, não mostrando nenhuma tendência de estabilização ou de queda. Ou seja, é bem possível que, em breve, o Android seja o sistema operacional dominante nos aparelhos celulares e tablets.

A grande vantagem competitiva do Android sobre os concorrentes está no fato da sua maior abertura em relação aos aparelhos e a comunidade de desenvolvedores e fãs desta plataforma lançada oficialmente em 22 de outubro de 2008 no celular HTC Dream.

Confesso que sou um entusiasta das inovações que o Google apresenta ao público. O sistema Android, que foi adquirido pela empresa Google em julho de 2005, está claramente se mostrando um sucesso apesar da tentativa de desmoralizá-lo taxando-o de fragmentado e, muitas vezes, inseguro. Entretanto, a grande adoção e a constante evolução do sistema provam que o público gosta e quer continuar usando-o.

Eu tenho um aparelho com Android e estou extremamente satisfeito. A integração com os contatos, email e calendário do Google foram os principais atrativos. Mesmo assim, a infinidade de apps gratuitos, a facilidade de uso do aparelho e a beleza da apresentação de telas e configurações, são pontos que motivam o usuário a usar e aproveitar de todos os recursos disponíveis.

Antes de comprar um Android ou outro aparelho celular, não se esqueça de estabelecer os seus critérios pessoais para a aquisição. O mais importante é que o aparelho seja a sua cara.

Artigos relacionados:

  1. Windows 8 – Uma tentativa de reerguer a gigante Microsoft
  2. iPad 2 – Primeiras impressões
  3. Comparação entre GMail, Yahoo Mail e Windows Live Hotmail
  4. O que o Google ainda não fez, nem inventou?
  5. Chrome consolida terceira posição entre browsers