s="http://www.w3.org/TR/REC-html40" xmlns:xf="http://www.w3.org/2002/08/xquery-functions">project-theme.com

project-theme.com
Below are sponsored listings for goods and services related to: project-theme.com
Award Winning CMS
Get a Free CMS Comparison Guide. Deliver a Superb Web Experience.
www.sitecore.net
Download Firefox® 2014
The New Firefox® 27 Firefox® 27. Start Browsing Now!
mozilla-firefox.ez-download.com
Free Wallpaper Free
Free Wallpaper Free. Discover and Explore on Ask.com!
ask.com/Free+Wallpaper+Free
Complete Ecommerce Site
Get Your Own Online Store Up and Running in No Time. Free Trial Now!
bigcommerce.com
WP Optimization Service
WordPress Page Speed Optimization Service. Just $249
www.wpmechanic.com
Best theme for your blog
Premium WordPress Theme for Blog, News and Magazine Websites.
themeforest.net
WordPress Content Update
Let the professionals update your WordPress sites's content
wordpress-content-management.com
Free Downloadable Videos
Download The Most Viewed End Time Bible Prophecy Videos Online Today!
www.worldslastchance.com/Videos
WordPress MLS plugin
Live MLS properties on your site Put listings on any page
www.dsidxpress.com
PSD to WordPress Magic
WordPress Customization since 2007 Custom Themes Start at $189.00
www.htmlblender.com/WordPress
© 2011 All rights reserved. Privacy

Silk – O novo browser da Amazon

A amazon.com lançou hoje um novo browser. O Silk. Aí você se pergunta: “Pra quê um novo browser?”. Bom, a ideia da amazon.com é fazer um browser muito mais rápido que os outros existentes.

O Silk tem uma arquitetura diferente da usada pela maior parte dos browsers existentes. Com o Silk, em vez de cada página ser baixada diretamente para a máquina e tudo rodar no aparelho, há uma camada intermediária que faz isso. Ou seja, quando você quer entrar em uma página, a “cloud” da amazon, chamada de EC2 faz as requisições e carrega a página muito mais rápido que um smartphone, tablet ou até mesmo seu computador. O processamento é feito nas “nuvens”. Poderíamos dizer que seu celular já receberia tudo mastigado e processado, aumentando o tempo de resposta para o usuário.

A amazon acabou de lançar o Silk em conjunto com seus mais modernos dispositivos de leitura da linha Kindle além do Kindle Fire, que é um tablet não só para leitura mas também para vídeos, jogos, músicas e navegação na internet.

O Silk me faz lembrar os terminais, onde temos apenas uma tela. Todo o processamento é feito por máquinas maiores. E isso é bom? Eu não tenho muita certeza se isso vai fazer algum sentido pois cada vez mais as conexões e o processamento estão mais rápidos e os componentes mais baratos. Enfim, é uma aposta da gigante dos livros. O legal nessa história é que foram lançados hoje leitores de livros muito baratos e com esse browser que pode tornar a experiência com os e-readers muito mais confortável.

Vamos aguardar mais um pouco para ver até onde o Silk pode alcançar e quais as modificações que ele pode trazer na maneira de encararmos os navegadores.

Abaixo o vídeo de lançamento do Silk:

http://www.youtube.com/watch?v=_u7F_56WhHk

A revolução do “cloud computing”

Pobre daquele que ainda não usa a “cloud”…

A cada dia que passa percebo como utilizar serviços como o Google Docs ou o Dropbox facilita o dia a dia com documentos e projetos. Antes da ideia de armazenar os documentos nas nuvens, cheguei a ficar inúmeras vezes perdido entre versões de documentos armazenados em diferentes computadores, notebook, pen-drive… Com o Dropbox, tenho uma única e definitiva versão de todos os meus documentos. E o mesmo se aplica para o Google Docs.

O Dropbox tem a vantagem de realizar uma cópia de todos os arquivos nos diretórios do sistema operacional em todas as máquinas que eu instalar. E todas essas máquinas vão sempre ter a versão mais recente. Caso eu apague sem querer um documento, posso recuperá-lo indo até o site do dropbox e solicitando a recuperação do arquivo. Não é fantástico?

E o Google Docs tem a grande vantagem da colaboração. Você cria um documento inicial e pode convidar colaboradores para modificá-lo, sem que você perca o documento original já que todas as alterações ficam num histórico. Exatamente como acontece com controladores de versão tipo Subversion.

Ou seja, hoje em dia, não consigo iniciar nenhum documento que não seja nas pastas do Dropbox ou diretamente no Google Docs. Na minha opinião, esta é uma das maiores revoluções tecnológicas para o usuário comum desde o surgimento da internet como conhecemos.

Se você ainda não usa serviços como estes dois mencionados, você deveria experimentar. Não tenho dúvida de que sua produtividade, organização e efetividade irão melhorar muito.

Veja o vídeo abaixo com uma explicação breve do “cloud computing”:

http://www.youtube.com/watch?v=gzAhL2BmcJI

Daqui a 1 ano o Chrome ultrapassa o Firefox

Todo mês dou uma olhada no site www.netapplications.com para saber como anda a briga dos browsers. Esse mês, o site dividiu os resultados em PCs/Notebooks e Tablets/Smartphones. Mesmo com essa nova subdivisão, a tendência se mantem.

O Internet Explorer e o Firefox vem perdendo mercado enquanto o Chrome está cada vez mais rápido subindo e se aproximando do segundo lugar, cujo posto permanece com o Firefox. E pelo gráfico, daqui um ano, mais ou menos, o Chrome deve ultrapassar o Firefox…

O Firefox até pouco tempo atrás era o browser mais rápido e mais amigável. Mas depois do lançamento do Chrome, o Firefox nunca mais atendeu as minhas expectativas e as de muitas outras pessoas. O Chrome foi construído pela empresa que mais entende de internet no mundo, a Google. E tem seus fundamentos muito sólidos. Já os concorrentes tentam se aproximar, mas, na minha opinião, ficaram para trás há muito tempo. Enquanto a Google consegue lançar várias versões do seu navegador por ano, seus concorrentes suam muito para fazerem o mesmo. E mesmo quando conseguem lançar uma nova versão, o que parece é que tentam simplesmente ficar mais próximos da sua maior ameaça, o Chrome!

É por essas e outras que o meu navegador oficial em notebook, PC ou netbook continua sendo o Chrome. E o seu?

Dicionário Criativo – Uma iniciativa inestimável para a língua portuguesa

Um amigo meu do Facebook acabou de me falar sobre uma ótima iniciativa na Internet. É o Dicionário Criativo.

Me lembro quando era criança de ter um dicionário de ideias afins que facilitava muito quando eu precisava fazer uma redação. Ele funcionava da seguinte forma: Você procurava a palavra amor por exemplo, e o dicionário trazia todas as palavras, expressões e ideias relacionadas como carnal, romance, amor bandido

Esse Dicionário Criativo tem essa ideia, mas de uma forma muito melhor, já que hoje temos a poderosa internet a nosso favor. Se essa iniciativa der certo, o ganho em termos de textos, músicas, seminários e discussões será imensurável.

Já fazia um tempo que não escrevia nada por aqui, mas hoje vale a pena escrever.

Os links para apoiar ou para conhecer o projeto são:

E veja também o vídeo abaixo sobre o projeto:

Schema.org – Bing, Google e Yahoo! unidos para uma melhor busca

Uma iniciativa maravilhosa para aprimorar os resultados de pesquisas foi feita numa parceria nunca vista. Google, Yahoo! e Bing se uniram para criar uma marcação de página única para melhorar a interpretação dos buscadores e, consequentemente, a forma como as informações são apresentadas ao usuário que faz a busca na internet.

O site schema.org surge para sugerir aos webmasters como mostrar ao buscador qual é o tipo de informação que está no HTML e quais as suas propriedades mais importantes.

Por exemplo: ao fazer a seguinte página, o buscador não sabe exatamente qual o assunto que está na página:

<div>
 <h1>Avatar</h1>
 <span>Director: James Cameron (born August 16, 1954)</span>
 <span>Science fiction</span>
 <a href="../movies/avatar-theatrical-trailer.html">Trailer</a>
</div>

A sugestão do schema.org é fazer o seguinte:

<div itemscope itemtype ="http://schema.org/Movie">
  <h1 itemprop="name">Avatar</h1>
  <div <strong>itemprop="director" itemscope itemtype="http://schema.org/Person"</strong>>
  Director: <span itemprop="name">James Cameron</span> (born <span itemprop="birthDate">August 16, 1954)</span>
  </div>
  <span itemprop="genre">Science fiction</span>
  <a href="../movies/avatar-theatrical-trailer.html" itemprop="trailer">Trailer</a>
</div>

Desse modo, você diz que se trata de um filme e mostra ao buscador quem é o diretor, o gênero do filme e até aponta onde está o trailer. Imagine uma página de busca de filmes. Se sua página estiver com a marcação correta, terá mais chances de aparecer e ser mostrada coerentemente na busca.

Se você é webmaster, deve dar uma conferida em schema.org.

Fonte: http://googleblog.blogspot.com/2011/06/introducing-schemaorg-search-engines.html